Pages

Ads 468x60px

Featured Posts

27.7.15

Rádio Indoor - Inovação e Dinamismo


É uma sistema de sonorização de ambientes completo para lojas, academias, supermercados, clínicas e empresas em geral.
Também conhecido por (rádio indoor), o sistema oferece para seus clientes e funcionários, um ambiente mais descontraído, tornando assim a permanência dos mesmos em sua empresa muito mais agradável e duradoura.
Já pensou em ter na sua empresa uma rádio personalizada com músicas selecionadas que agradem ao seu público? Vinhetas feitas exclusivamente para anunciar os serviços e produtos oferecidos,

Pois a radio indoor proporciona tudo isso à sua empresa. É uma mídia moderna, digital, que pode ser constantemente atualizada, por isso, é possível divulgar serviços, notícias, eventos, etc. A Radio indoor, através de profissionais especializados, avalia e estuda um projeto de Radio Indoor que atenda às necessidades da sua Empresa e de seu público.

O Rádio indoor é uma ótima ferramenta de vendas em seu estabelecimento, destacando sua marca e aumentando suas vendas,além de tornar um ambiente agradável. A rádio indoor é uma ferramenta de comunicação importante de baixo custo e a nossa empresa é especializa em trazer uma ambientação musical de qualidade.

Quer deixar a sua Loja mais atraente solicite agora um demonstrativo e deixe muito mais atraente o seu estabelecimento com uma programação totalmente personalizada. Entre em contato através do Email: megaaudioonline@gmail.com 

Acesse : www.estudiomegaaudio.net e confira!!!

Acompanhe pelo Facebook: www.facebook.com/estudiomegaaudio

Publicidade Radiofônica: Fatores de eficácia no anúncio

Uma campanha publicitária no rádio pode ser identificada como eficaz a partir de alguns parâmetros que o mercado já explicitou e, por isso, podem ser explicados a partir de pontos de vista dos atores em relação à peça veiculada neste meio.

Os parâmetros são: a avaliação do cliente sobre o resultado de uma campanha; a visão dos publicitários ao criar uma peça; pelos produtores de áudio no desempenho das gravações e no tratamento artístico dado a elas; a resposta do ouvinte de rádio que reage diante da mensagem de forma negativa, positiva ou neutra.

Uma peça publicitária radiofônica empolga os publicitários, anima os clientes e seus departamentos de marketing na análise dos resultados ou no recall6 da campanha, estimula os produtores de áudio e excitam os ouvintes na principal reação que se espera dele: reagir diante do que propõe a peça publicitária e seus elementos persuasivos.

Cabe, então, sobremaneira, uma ampla responsabilidade aos publicitários na criação do spot ou jingle, ou qualquer outro formato, para o alcance de uma condição de alta eficácia para a mensagem publicitária. Eles, nas suas agências e departamentos de criação, planejamento e atendimento, estão na condução de um trabalho que pode dar a devida resposta ao anunciante. Afinal, esta é a condição da existência.

No entanto, é preciso questionar hábitos do mercado. Não é difícil encontrar, em anúncios veiculados no rádio, peças que são réplicas idênticas do texto gravado para a televisão. Mais do que isso, e até compreensível, é o valor dado pelo mercado em virtude dos valores que são utilizados na publicidade do audiovisual, pelo impacto que provoca, em detrimento do tratamento dado à criação do anúncio para o rádio, em vários mercados.

Tal prática é nociva. Felizmente, ela não domina o mercado, e o fato pode ser identificado nos vários concursos de premiações, em todo o Brasil, que selecionam peças publicitárias eficazes na comunicação radiofônica. 

Apesar de ser tratado como um meio de comunicação “simples”, o rádio carrega condições de complexidade dependendo do que será produzido para este meio. Ao observar com atenção a mensagem publicitária radiofônica, é encontrado um desses lugares com diversas vertentes para estudo e análise.

Muito além do que foi tratado neste trabalho, podem ser observadas condições em que o profissional de criação, ou produção sonora, deve ter conhecimento sobre as características diferenciadas que o rádio tem em relação a outros meios. O rádio, como veículo da cadeia de propaganda, não conseguiu, apesar dos vários esforços de entidades que buscam valorizá-lo, superar o índice de 5% do bolo de investimentos publicitários, segundo o Projeto Intermeios e nem chegar ao índice de 8% preconizado como ideal e equivalente a outros mercados, como o norte-americano.

Para manter-se na disputa pelas verbas publicitárias, este meio precisa demonstrar e provar resultados como qualquer um e, 340 para isso, um dos fatores é a criação de anúncios mais eficazes para o convencimento, ou persuasão, do ouvinte de rádio.

Esta situação exige, dos profissionais e dirigentes deste meio de comunicação, dedicação aos aspectos que podem impulsionar, ou potencializar, o investimento feito na propaganda radiofônica.

Facebook Blog Dos Radialistas

 
Blogger Templates